Bem Casados

Meninas, depois de 1 semana de maratona de degustações (e alguns kgs a mais rsrs), venho com minhas impressões, que espero que ajudem vocês!

De acordo com as minhas pesquisas, decidi que queria provar os seguintes bem casados:

Casal Garcia

Coisas de Alice

Conceição Bem Casados

Elvira Bona

Ilze Cunha

Louzieh

Marta Proto

Rafaela Panisset

Spaço Delícia

Vânia Estebanez

Não consegui provar:  Coisas de Alice, pois ela precisou desmarcar. Conceição Bem Casados: fica aqui em SP, então ainda vamos tentar marcar de ir retirar, pois achamos que não compensava o valor do Sedex. Ilze Cunha, pois ela tem um esquema bem específico de entrega das degustações, e não casou com nossa estadia no Rio.  Marta Proto, pois ela está no exterior, de férias, e só retorna após o Carnaval. Desses que ainda não provei, tenho as seguintes recomendações: dizem que Conceição Bem Casados fazem os melhores bem casados do mundo. Ilze Cunha faz bem casados cortados (o bolinho não é assado já redondinho – ele é assado e cortado redondo depois. Isso afeta a estética do doce). Acontece que eu e mais 2 amigas fomos a casamentos diferentes e amamos os bem casados e, quando fomos procurar saber, eram os da Ilze. Com base nisso, acho que são sensacionais. Além disso, eles são muito bem recomendados por quase todas as meninas do grupo de noivas do Yahoo. E eles são os mais em conta, entre os melhores (R$2,00). Infelizmente, acredito que não vou conseguir provar os bem casados dela a tempo, e não lembro bem como são, a ponto de fechar “no escuro”. Marta Proto: Apesar de ela morar no RJ, o bem casado é o “típico de Pelotas”. Destacam-se os recheios de doce de leite uruguaio e ovos moles de Aveiro. Ela foi uma fofa comigo por e-mail, estamos vendo de ela me mandar por sedex a degustação. Não tenho relatos sobre os bem-casados do Coisas de Alice. Na verdade, eles são famosos pelos brigadeiros gourmet.

Agora vamos ao que interessa: o que eu provei!  Coloquei na ordem inversa da minha preferência. Nesse “ranking”, apesar de comentar sobre o atendimento, considerei apenas o bem-casado propriamente dito.

6) Vânia Estebanez (R$2,00)

Na verdade, o que nos interessava mais da Vânia eram os docinhos e o bolo, dos quais falarei depois. Porém, como na caixinha também veio um bem casado, experimentamos. E foi o único bem casado que não comemos inteiro. Não que seja ruim,  mas não é bem casado. É massa de bolo, recheio de bolo, cobertura de bolo. É um mini-bolo. Pra um bolo, seria ótimo (assim como é o bolo dela – meu preferido até agora). Não posso falar muito do atendimento, pois só fui buscar a caixinha. O senhor que me atendeu foi muito simpático, mas o processo foi bem rápido.

Sabor: Bolo (pesadão e muito doce)

Aparência: Grosseira, bolo cortado e excesso de recheio

Atendimento: Bom

5) Casal Garcia (R$2,40 – caso feche o bolo com eles, o valor cai pra R$2,20)

Proposta muito parecida com a da Vânia. É um mini-bolo. Um pouco menos pesado que o anterior, mas muito doce. Não curtimos também.  Atendimento excelente. Fomos atendidos pelo Marcelo, filho do Casal. Ele foi muito simpático e atencioso.

Sabor: Bolo (um pouco pesado e  muito doce)

Aparência: um pouco grosseira, bolo cortado

Atendimento: Excelente

4) Louzieh (R$2,40)

O atendimento da Louzieh é incomparável. Tive essa impressão desde o atendimento por e-mail. Fomos atendidos pela Fernanda, que foi uma fofa o tempo todo. Infelizmente, por causa do Carnaval, eles só tinham bem-casados de nozes. Minha irma amou, pediu que contratássemos esses, e realmente é muito gostoso, mas… não é bem-casado, na minha opinião. A massa parece um biscoito cookie, só que um pouco mais macio. Não sei se todos são assim, e acho que não, pois a massa desse bem-casado também levava nozes. Acho que nosso julgamento ficou prejudicado por conta de não termos provado outros sabores :/

Sabor: Biscoito (embora muito gostoso)

Aparência: Também de biscoito, mas delicado. Assado redondo.

Atendimento: Excelente.

3) Spaço Delícia (R$2,20)

Os bem-casados são bons. Eu até diria que empatam com os da Louzieh, mas  como os do Spaço Delícia são do tipo tradicionais, acabaram passando na frente no meu gosto. O problema desse lugar foi o atendimento. Dizem que a Bruna, dona do negócio, é uma fofa. Dei o azar de não ter sido atendida por ela, mas por outra pessoa que depõe totalmente contra o negócio. Nem vou entrar muito em detalhes porque fiquei bem brava, e, por mim, eu tinha ido embora nos primeiros 3 minutos, então, assim.. Sem chance.

Sabor: Bom

Aparência: Boa. Assado redondo.

Atendimento: Ruim.

2) Rafaela Panisset (R$2,20)

Vou começar pela parte ruim: não gostei muito do atendimento do ateliê da Rafaela. Marquei de buscar a degustação, depois disseram que não tinha nada marcado, aí depois aceitaram a marcação, mas no dia marcado me ligaram duas vezes pra perguntar se eu já estava chegando, sendo que ainda faltava muito tempo pro horário combinado. Isso à parte, achei os bem-casados ótimos! Foi o menos doce que provei. A cobertura de açúcar a gente não vê. A impressão que tive é que eles já foram assados com a cobertura de açúcar, que é bem fininha e comedida, e isso fez ficar muito bom. Fiquei na dúvida porque ela enviou 3 sabores , e bonzão mesmo só estava 1, que era o de doce de leite. Como estamos mesmo querendo fechar doce de leite e + 1 sabor, estou bem inclinada a esses, mas precisaria fazer outra prova pra bater o martelo.

Sabor: Excelente (uma das amostras)

Aparência: Ótima. Assado redondo. Embalagem mais ou menos.

Atendimento: Médio

1) Elvira Bona (R$2,70 – exceto nozes e brigadeiro: R$3,10)

Quando provei esses, pensei imediatamente: “Realmente, sãos os melhores que já provei!!!” Massa levinha, recheio generoso e não muito doce, embalagem linda! Eu realmente amei esses bem casados. O único problema deles, na minha opinião, é que a cobertura de açúcar é exagerada. Podia ser mais fina, e assim ficaria menos doce e grudaria menos no celofane. Destaque para o bem casado de chocolate, cuja massa é chocolate também: uma delícia, e um pouco menos doce. Além dos bem-casados, eles mandam um doce quadrado, que parece um super Bis e que é a MELHOR COISA DO MUNDO!! rsrs O atendimento deles é meio enrolado, bem como a sala – que fica num prédio esquisisto… Mas deu tudo certo, então acho que é isso o que importa…

Sabor: Excelente! A cobertura de açúcar podia ser mais fina.

Aparência: Ótima. Assado redondo. Embalagem linda.

Atendimento: Bom

Sei que fiquei devendo fotos.. Esqueci mesmo de tirar! De qualquer forma, espero que essa longa análise ajude vocês. Os valores que citei são referentes a fevereiro/2013.

Se vocês já provaram (esses e outros), deixem suas impressões aí nos comentários! ;)

Beijos!

A Casa de Festas

No final de 2011, nós fizemos uma peregrinação pelas casas de Niterói. Eu já sabia de quais gostava e qual era a minha preferida, mas o Mau, como é de São Paulo, não conhecia nenhuma. Não fomos a nenhum clube, pois eu já sabia de antemão que não queria clube. Em geral, os clubes são mais baratos, mas desse item eu não abria mão. Meu sonho mesmo era casar em um sítio – coisa muuuuito complicada em Niterói. Então, uma casa bem bomita pra compensar! ;-)

Começamos pela Fortaleza de Santa Cruz, que tem um restaurante dentro, o Zéfiro. O visual é muito bonito, o espaço do restaurante é muito bom pra uma festa não muito grande, e tem a vantagem de que, fechando com o buffet deles, você não paga aluguel pelo espaço. Achamos a proposta boa, mas eu encuquei com algumas peças marítimas da decoração. Elas são fixas, e achei que não tinha muito a ver com nosso estilo. Outro problema que encontramos foi em relação ao acesso. Teremos muitos convidados de outros estados, e não queremos ninguém perdido pelo meio do caminho! Sendo assim, partimos pra próxima…

Maison Cascade dispensa apresentações! Eu não conhecia pessoalmente, só por fotos, mas – apesar de ser muito bonita – não faz o meu estilo. É muito pomposa, com tudo de vidro, muitos espelhos antigos e lustres de cristais. Os pontos altos? O acesso muito fácil, a super proximidade com a igreja que escolhemos e um jardim espetacular. Então, fomos lá. De fato, o salão principal é exatamente como eu descrevi aí em cima. O que eu não sabia é que lá existem dois outros salões. Um deles, bem menor que o principal e muito mais adequado aos nossos aproximadamente 150 convidados, é uma gracinha. Mais rústico, mais aconhegante, quase ideal. O problema? Um elefante branco em forma de bar, bem no meio do salão. Uma coisa meio despropositada, na minha opinião, e que enfeia e atrapalha. Tirando isso, tudo lindo. O atendimento também foi muito bom.

Da Maison, fomos para o Solar Imperial. Gostamos bastante do espaço como um todo. Tem um jardim muito bonito, que comporta perfeitamente uma cerimônia no local. Só que o salão em si é tudo o que eu não queria: um quadrado branco. Se o salão fosse integrado ao jardim, seria perfeito e lindíssimo. Mas, desse jeito, não curti. Além disso, saímos de lá sem saber os valores, as condições, tudo. A pessoa que atendia não estava, pediu pra esperarmos, pois estava chegando, mas nunca chegou. Depois, consegui o orçamento por e-mail. Uma coisa boa de lá é que eles oferecem as mesas e cadeiras, coisa que a maioria das casas de festas não faz.

Por motivos geográficos, a minha casa preferida foi a última que visitamos. Eu já sabia que nenhuma outra estaria à altura do If Espaço Múltiplo. Tenho algumas amigas que não gostam de lá, mas – pra mim – é disparada a casa mais linda de Niterói. Os problemas? O maior de todos é que é também disparada a mais cara. Além disso, é longe, o acesso não é muito fácil. E é enorme, o que complicaria pra nós dois, já que queremos convidar aqueles que são realmente próximos da gente. Imagina colocar 150 pessoas em um espaço projetado para 400! Vocês devem estar se perguntando: mas e a opinião do Mauricio? Eu não fazia ideia do que ele acharia!! Eu já tinha falado tanto de lá pra ele, que meu medo era ter criado expectativa demais e ele se decepcionar! rs! Mas não teve jeito… Quando saímos de lá, ele disse: “Amor, sem dúvida, essa casa não tem nem comparação com as outras. É muito bonita! É cara também, mas, se isso for muito importante pra vc, a gente prioriza isso e faz aqui”. Dei pulinhos, né?! Imaginem!!

Bom…. Quase 1 ano se passou… E nós resolvemos adiantar o casamento. Antes, estávamos nos programando pra casar em 2014, mas no meio do caminho resolvemos casar em 2013. Claro que isso reduziu bastante nosso orçamento. Mesmo assim, liguei pro If, pra ver se ainda tinham nossa data, pois havíamos feito uma pré-reserva. Apesar de a menina ter dito que me ligaria, caso alguém se interessasse por aquela data, ela não ligou, e disse que a data já estava ocupada. fiquei chateada. Além disso, resolvemos mesmo que casaríamos na igreja. Considerando preço, localização, beleza, atendimento….

Fechamos com a Maison Cascade!

20121006-152259.jpg